Topo
Blog do Dr. Alexandre Faisal

Blog do Dr. Alexandre Faisal

Categorias

Histórico

Yoga melhora os sintomas da menopausa?

Alexandre Faisal

2020-04-20T18:16:11

20/04/2018 16h11

Imagem relacionada

Você usaria Yoga como tratamento para os sintomas da menopausa ? Clique aqui para votar

Até 3 em cada 4 mulheres menopausadas apresentam sintomas que impactam suas vidas negativamente. Entre eles as chamadas ondas de calor ou fogachos, que se caracterizam por súbita sensação de calor e sudorese, mesmo quando se faz frio, além de fadiga, baixa libido, desânimo e até dor. Para lidar com esses sintomas, muitas mulheres na menopausa usam terapias complementares, incluindo o yoga. Na América do Norte e na Europa, o yoga ganha cada vez mais adeptos e inclui práticas de posturas físicas (asana), técnicas de respiração (pranayama) e meditação (dyana). De 2002 a 2012, a prevalência do uso da ioga quase dobrou, tornando-se uma das abordagens terapêuticas complementares mais utilizadas nos Estados Unidos. Estima-se que aproximadamente 21 milhões de americanos (9% da população dos EUA) usaram ioga por razões de saúde em 2012. Mas será que yoga funciona mesmo para sintomas da menopausa?. A resposta é sim.

Pelo menos é isso o que concluíram os pesquisadores de da cidade de Essen na Alemanha e Sidney na Austrália. Eles realizaram um meta-análise com 13 ensaios clínicos randomizados, considerado o padrão ouro para avaliação de terapias de qualquer tipo. No total foram computados dados de 1306 participantes que receberam yoga,  outra modalidade de exercício ou nenhum tratamento. Na comparação entre yoga com nenhum tratamento, a ioga reduziu os sintomas da menopausa total, incluindo sintomas psicológicos, somáticos e urogenitais e as ondas de calor. No geral, yoga se mostrou  tão efetiva quanto outros tipos de exercício. Outro dado interessante é que os autores acreditam que a eficácia da yoga não depende do tipo de prática ou técnica usada. Mais ainda, os efeitos adversos ou colaterais da yoga são raros ou raríssimos.

Muitas praticantes da yoga podem alegar que isso já era esperado, mas o fato é que esta revisão de estudos contradiz publicação anterior de 2012, que não mostrou qualquer benefício para mulheres sintomáticas na menopausa. A diferença pode estar na inclusão de novos e maiores estudos neste período que mudaram a direção da bússola para o outro lado, defendendo a yoga. Algumas mulheres podem dizer que a ciência é tudo de bom Outros dirão "anamasté" .

(Cramer et al. Yoga for menopausal symptoms—A systematic review and meta-analysis. Maturitas 109 (2018) 13–25)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Alexandre Faisal é ginecologista-obstetra, pós-doutor pela USP e pesquisador científico do Departamento de Medicina Preventiva da FMUSP. Formado em Psicossomática, pelo Instituto Sedes Sapientiae, publicou o livro "Ginecologia Psicossomática" e é co-autor do livro "Segredos de Mulher: diálogos entre um ginecologista e um psicanalista”. Atualmente é colunista da Rádio USP (FM 93.7) e da Rádio Bandeirantes (FM 90.9). Já realizou diversas palestras médicas no país e no exterior. Apresenta palestras culturais e sobre saúde em empresas e eventos.

Sobre o Blog

Acompanhe os boletins do "Saúde feminina: um jeito diferente de entender a mulher" que discutem os assuntos que interessam as mulheres e seus parceiros. Uma abordagem didática e descontraída das mais recentes pesquisas nacionais e internacionais sobre temas como gravidez, métodos anticoncepcionais, sexualidade, saúde mental, menopausa, adolescência, atividades físicas, dieta, relacionamento conjugal, etc. Aproveite.