PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Dr. Alexandre Faisal

Cuidados de saúde das mulheres menopausadas na pandemia

Alexandre Faisal

17/07/2020 15h32

 

Você acha que as mulheres menopausadas atrasaram seus exames preventivos durante a pandemia de COVID-19? Clique aqui para votar

A pandemia global da nova doença de coronavírus 2019 transformou os cuidados de saúde em todo o mundo. O número de infectados e mortos ainda cresce no Brasil. E até que tenhamos uma vacina e tratamentos comprovadamente eficazes há motivo de apreensão. Uma parcela particularmente susceptível é a dos idosos, incluindo neste grupo as mulheres na pós-menopausa. Médicos enfrentam um grande desafio em relação ao tratamento médico, da  mulheres que passam pela perimenopausa ou que estão na pós-menopausa, sendo que muitas  delas apresentam comorbidades. Dado o surto mundial de COVID-19 e para diminuir o risco de transmissão do vírus, muitas pacientes foram aconselhadas a não procurarem atendimento hospitalar e evitarem idas aos consultórios médicos. Estima-se uma queda de 50% no número de consultas em ginecologia, em pessoas idosas, neste período. E isso tem risco.

Uma publicação de autoras brasileiras, do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Federal de Minas Gerais, faz um balanço deste difícil momento e aborda alguns tópicos que merecem ser lembrados. Entre eles a necessidade da manutenção do tratamento hormonais, nos casos indicados, sob risco de agravamento dos sintomas da menopausa. Interromper sem orientação médica pode ser temeroso para a saúde da mulher. A saúde cardiovascular, por sua vez, deve continuar sendo uma prioridade da mulher menopausada. Outro aspecto já muito destacado pela mídia é rastreamento e tratamento dos diferentes tipos de câncer, em particular da mama. Muitas mulheres atrasaram voluntariamente seus exames rotineiros de prevenção, em função da COVID-19. E este atraso da detecção precoce, e consequentemente, do tratamento pode interferir nos resultados dos eventuais tratamentos oncológicos. Outra preocupação durante os períodos de isolamento social envolve o relacionamento entre casais, incluindo a questão da violência doméstica.

A mensagem final das autoras é alertar que neste momento de crise, sem precedentes, as mulheres precisam continuar atentas aos cuidados de saúde. E ao final pacientes e médicos podem aprender como enfrentar novos desafios.

(Rodrigues & Carneiro (2020): Peri and pos menopausal women in times of coronavirus pandemic, Women & Health, DOI: 10.1080/03630242.2020.1784370)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Alexandre Faisal é ginecologista-obstetra, pós-doutor pela USP e pesquisador científico do Departamento de Medicina Preventiva da FMUSP. Formado em Psicossomática, pelo Instituto Sedes Sapientiae, publicou o livro "Ginecologia Psicossomática" e é co-autor do livro "Segredos de Mulher: diálogos entre um ginecologista e um psicanalista”. Atualmente é colunista da Rádio USP (FM 93.7) e da Rádio Bandeirantes (FM 90.9). Já realizou diversas palestras médicas no país e no exterior. Apresenta palestras culturais e sobre saúde em empresas e eventos.

Sobre o Blog

Acompanhe os boletins do "Saúde feminina: um jeito diferente de entender a mulher" que discutem os assuntos que interessam as mulheres e seus parceiros. Uma abordagem didática e descontraída das mais recentes pesquisas nacionais e internacionais sobre temas como gravidez, métodos anticoncepcionais, sexualidade, saúde mental, menopausa, adolescência, atividades físicas, dieta, relacionamento conjugal, etc. Aproveite.